O que se deveria aprender na escola (segundo o Fórum Econômico Mundial)

Imagem: WEF — New Vision for Education Report 2015

Em tempos de reforma curricular (e da discussão do papel da escola, e das enormes diferenças que este papel assume em cada realidade social e econômica) vale a lembrança e reflexão sobre as 16 competências a serem desenvolvidas na escola para a formação ideal dos cidadãos e profissionais deste século, de acordo com relatório do World Economic Forum.

O que acham… estamos no caminho certo?

As habilidades do século 21

- Alfabetização literária: capacidade de ler, compreender e utilizar a linguagem escrita;

- Alfabetização numérica: capacidade de usar números e outros sinais para expressar relações quantitativas;

- Alfabetização científica: capacidade de usar conhecimentos e princípios científicos para compreender o ambiente individual e formular hipóteses;

- Alfabetização em Tecnologias da Informação (TICs): capacidade de usar e criar conteúdo para a tecnologia, de encontrar e compartilhar informações, responder perguntas e interagir com outras pessoas e com os programas de computador;

- Alfabetização financeira: capacidade de compreender e aplicar, na prática, princípios financeiros conceituais;

- Alfabetização cultural e cívica: capacidade de entender, apreciar, analisar e aplicar o conhecimento das ciências humanas;

- Pensamento crítico/”Problem solving”: capacidade de identificar e analisar situações, ideias e informações para a formulação de respostas e soluções;

- Criatividade: capacidade de imaginar e criar formas inovadoras de lidar com os problemas, respondendo às necessidades através da síntese e da aplicação do conhecimento;

- Comunicação: capacidade de ouvir, compreender e contextualizar informações através de sinais verbais e não-verbais, escritos e visuais;

- Colaboração: capacidade de trabalhar em equipe para atingir um objetivo comum, sabendo prevenir e gerir conflitos;

- Curiosidade: desejo de fazer perguntas, demonstrando mente aberta;

- Iniciativa: desejo de assumir novas tarefas e buscar novos objetivos;

- Perseverança: capacidade de manter o interesse e alcançar uma meta;

- Flexibilidade: capacidade de mudar planos, métodos, opiniões e objetivos em função de novas informações;

- Liderança: capacidade de direcionar, orientar e inspirar outros a alcançar um objetivo comum;

- Consciência social e cultural: capacidade de interagir com outras pessoas de forma socialmente e eticamente adequada.

Acompanhe também o blog!