Não é amor…

Pelo menos ainda não. Não porque eu não acredite em amor, mas sim por saber que é um sentimento que precisa de paciência e cultivo. Amor é quando aquela paixão que você sentiu na primeira vez que se viram, amadurece e continua trazendo a ansiedade em cada ocasião em que se encontram.

Não é amor porque ainda é cedo, temos muitas incertezas, nada definido. Não é amor, mas é carinho. É sentimento bom e recíproco. É saber que mesmo tão diferentes, podemos nos conectar de maneira profunda. É cuidado, é atenção, é em outras vezes medo; medo de não ter controle da situação, medo de machucar e ser machucado. É saber que deixar alguém entrar na sua vida traz riscos tão grandes quanto o de amar.

Mas nem sempre precisa amor pra ser bonito e verdadeiro. O jeito que você me olha, no fundo da alma, faz com que eu me sinta a pessoa mais segura e sortuda que existe. A forma que você segura minha mão e mexe no meu cabelo, transmite um sentimento de paz e reciprocidade.

Ainda não é amor. E mesmo não sendo, me faz planejar o futuro e saber que no fim do dia você ainda estará ali. Não precisa ser amor pra ser real.

Like what you read? Give Karol Mainardes a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.