A importância do "Adulto responsável"
Márcio Bueno
113

Depois de ler 2 vezes o seu artigo resolvi escrever a minha experiência de quem esta do outro lado da mesa. Eu trocaria a palavra “enganado” (apesar de existirem empresas que realmente enganam) por “Alice no País das Maravilhas”.

Uma certa vez Alice estava perdida e não sabia qual o caminho deveria pegar, sendo assim Alice perguntou para o gato: Qual é o melhor caminho?

O gato respondeu: Para onde voce deseja ir?

Alice: Para qualquer lugar!

Então o gato disse: Se voce não sabe para onde ir… tanto faz!

O que vejo no mercado há mais de 14 anos são as “Alices” perdidas e não sabem o que querem. O atual papel dos Gerentes de Projetos são falhos, não entendem e não são técnicos, conheço milhares de gerentes que trabalham em agencias e não possuem capacidade para entender sobre o contexto e não possuem embasamento nos projetos que estão sendo orçados. Não quero generalizar, mas diria que 90% dos casos são de insucesso. Veja que o problema é mais embaixo, as agencias possuem uma estrutura gigantesca com inúmeros “especialistas” que nunca estão alinhados, e nas reuniões de “brainstorm” o ego fala mais alto.

Recentemente uma gerente de projetos solicitou para descrevermos os requisitos funcionais (papel dela) para realizarmos um orçamento, quando questionamos que ela estava contratando o serviço e deveria nos enviar, ela me disse que “mobile” não era a praia dela. WTF? Como vou descrever algo que não sabemos qual a estratégia por trás? Quem é o cliente? Qual o objetivo? Pq? Pra que?

Fora que existem uns profissionais de criação que enviam o “layout” (design de interface) com recursos de web, isso tem de monte também. Aí voce envolve profisisonais que respiram mobilidade o dia inteiro, estudaram, possuem experiência em uma porrada de projetos, técnicas de UX e UI em diferentes plataformas… mas não podem ajudar, pois tudo que se cria na agencia precisa seguir do jeito que foi feito. É complicado.

Em um mundo de inúmeras possibilidades vejo poucos significados, agencias que pensam em tecnologia como fim e não como meio, reuniões sobre “quero usar beacon” e tratam geolocalizacao como inovação, criam aplicativos para campanhas ou apenas para ganhar premios. Sinto pena do cliente, o pior de tudo isso é que existe alguém que ainda aprova. :(

Amo trabalhar com a mobilidade e aprendi a lidar com as agencias, esse é o papel árduo que enfrento há anos, porem é o nosso papel educar o mercado, dar a direção para que este tipo de projeto não vá para frente, aqui na kanamobi recusamos diariamente idéias desconexas, aplicativos para campanhas dentre outras aberrações. Porem, existe um mercado péssimo, hoje qualquer “freela” pode desenvolver um aplicativo utilizando recursos nativos ou híbridos, porem não se pode esperar muita coisa. O mercado mobile esta bombando, e temos inúmeras empresas que aparecem do nada e dizem que fazem mobilidade. Basta procurar por “beacon” ou “app” no Google, voce terá acesso a inúmeras empresas. Se a “Alice” não sabe onde quer chegar, infelizmente receberá qualquer coisa.

Apenas no ano passado aqui na kanamobi, cerca de 30% das empresas que nos procuraram estavam com problemas de entrega do que haviam imaginado que receberiam. Desde projetos híbridos que o cliente só ficou sabendo no final da entrega à problemas de navegação, infraestrutura etc.

Participamos de 8 concorrências em 2015 e levamos 7, sendo que boa parte das empresas participantes não eram conhecidas, acredito que estamos passando por um processo de consolidação e apesar de dolorosa “ainda tenho fé” que as empresas estão começando a entender um pouco mais como conduzir os projetos móveis internamente.

E para finalizar, um “desabafo” rsrsrsrs a maior parte das agencias pede tudo para amanhã e não passam “feedback”. Esquecem que aqui do outro lado, para elaborar uma proposta comercial e técnica existem inúmeros profissionais que se dedicam e estão envolvidos… arquiteto de informacao, Dev’s para levantar as estimativas, PMO para organizar e estruturar os documentos, área de negócios, criação e QA, tudo isso para que possamos entregar uma proposta completa e com prazos reais. Acho que as agencias precisam mais do que simples produtoras, elas precisam de parceiros.

Boa sorte!!! Avante!!!

We love mobile =)

Like what you read? Give Cristiano Kanashiro a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.