Back and Forth

-Você tem certeza que fará isso?

-Sim. Essa história não vai dar em nada. Coitado do rapaz.

-Mas você não tá podendo pra disperdiçar desse jeito não.

-Ele é uma pessoa. Não é que nem comida que você só come pra não jogar fora. Que, se pararmos pra pensar, também é uma idiotice.

-Ainda assim. Veja, você não tem nada a perder, além de olhar uma imagem inspiradora antes de dormir.

-Você acha tudo isso mesmo?

-Sim! Ele é fofo e quando fala francês…

-Ele tem 22.

-Verdade…e você tem 50.

-Não tenho 50, mas pareço ter quando falo comigo mesma.

-É, a gente parece um cacareco às vezes.

-Então chegamos a um consenso?

-Sim, você está certa.

Silêncio constrangedor por alguns segundos e pensamentos saem entre os dentes:

-Só me passa o telefone dele antes de você apagar.

Like what you read? Give Karina Zambelli a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.