Eu tenho certeza de que não é você, mas por que deixei chegar até aqui?

Duda estava na pista de dança, sem ver, ou querer ver, ninguém. Os pés grudados no chão, o corpo movimentando-se, gradativamente, até a cabeça, que explodia num vai e vem lateral. O copo vazio na mão, quase soltando… Mas a cabeça estava cheia. Há uma semana, quando imaginava seu aniversário, nem de perto era assim que desejava estar. Só que os amigos foram chegando, e ela apresentando Alberto como seu namorado, mais vezes do que gostaria. Sem perceber, os laços também podem se transformar em nós enrolados no pescoço, sufocantes…