É, não dá mais pra deixar pra lá. Não dá pra engolir, seja a seco ou em goles de vinho, o fato de que eu gosto de você. Realmente gosto de você. Eu sei que isso não precisava nem ser dito, afinal, meus olhos já me entregam quando fitam os seus. As borboletas que eu havia deixado sair pra passear já estão voltando pro estômago. Está tão na cara que você ganhou meu coração que chega a ser patético.