O mergulho no mar da expectativa

onde nos afogamos mesmo sabendo nadar

Photo by Will Wilson on Unsplash

Se segurem pois estou muito poética hoje. Menina pensativa analisando alguns aspectos da vida. Já parou pra pensar o quanto esperamos que algo aconteça? E como esperamos. Sonhamos, visualizamos e PÁH olha aí a expectativa marota.

Alguns chamam de positividade, outros de esperança. O fato é que a bendita tá ali sorrateira escondida atrás da moitinha de nossos pensamentos louca pra pular na nossa frente.

E não adianta, por mais que tentamos não criá-la, ela segue ali naquele calor infernal nos oferecendo água gelada. No fim a gente aceita, pois é assim que somos. Temos necessidades.

Só que a realidade anda por outros caminhos.

Às vezes simplesmente NÃO VAI ACONTECER. Mas por quê? Por que não vai e pronto. Lide com isso. E tudo vai ficar bem. Sério. Juro que vai.

De qualquer forma, a vida, caro leitor, vai continuar ali com um balde de água fria pronto pra jogar na nossa cara, por isso eu sigo com minha toalha pendurada logo ali e você devia fazer o mesmo.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.