Chorei até

arder

a pálpebra.

Me alaguei.

Pesa

quando se

quer

mas não dá.

E eu queria,

não dava.

Eu queria,

não dava.

Queria,

não dava.

Se eu fosse pedra,

embora pedra,

eu chorava.

Like what you read? Give Kauana Portugal a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.