Traição

Como você pôde?
-Me desculpa.
-Eu não sei como você pode fazer uma coisa dessas. E me dizer assim, na lata.
-Calma amor.
-Calma? Calma nada. Você….me decepcionou.
-Por uma coisa tão boba?
-Boba pra você.
-Desculpe.
-Não sei.
-Mas vai pensar?
-Vou.
-Vem cá.
-Agora não.
-Poxa Marina!
-Ah…dá um tempo.
-Se eu soubesse que ia ser assim eu não te contava.
-Ah é? Tem mais coisa então? E o que mais você anda escondendo de mim?
-Mais nada.
-Sei..
-Para com isso vem cá.
-Sai pra la Rafael.
-Rafael….nossa! Ta braba mesmo.
-Tô. É como se eu não te conhecesse mais.
-Não cria caso.
-Você que tá fazendo pouco caso.
-Marina, amor…é só uma banda.
-Só uma banda você diz…só uma banda. Acontece que essa “só uma banda” é a melhor que já existiu na vida.
-Ta bom…ta bom….eles são bons. Eu reconheço. São bons e você gosta deles. Eu só não gosto tanto assim.

-Amores adolescentes

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.