[Parte 1] Perguntas mais comuns em entrevistas e como responder

Olá! Algumas pessoas me perguntam sobre como ir bem em entrevistas e o que os entrevistadores querem que a gente responda. Aqui, você vai entender um pouco do que há por trás de algumas perguntas clássicas e, por vezes, que não aguentamos mais responder. Vem comigo, vai ser interessante, prometo.

Me conte um pouco de você.

Outras formas de perguntar: Eu li teu currículo, mas como eu sei que a gente se limita na escrita geralmente, me conte sobre suas experiências com mais detalhes.

O que queremos saber e como: acima de tudo, tua forma de contar tua história diz muito sobre como tu pensa, comunica e organiza teus pensamentos. Sem contar que entendemos tua visão sobre teu trabalho, o valor que dá, como vê teu lugar nos papéis que passou. O que queremos saber é tua história e tua visão sobre ela.

Como responder: o exercício para essa pergunta é montar tua storytelling, tua lógica de apresentação. Pense em como contar tua história profissional, de forma que fique claro papéis, aprendizados, tipos de empresa, tipos de times, alguns desafios e conquistas. Tudo resumido. Depois tu pode contar mais.

Dicas: não demore cinco décadas falando, não fale mal das empresas e não tente impressionar. Muitas vezes as pessoas candidatas ficam um tempo longo dando detalhes sem nenhuma empolgação, parecendo que estão narrando a vida de outra pessoa que ela não vê muita graça. Não possuem consciência de si mesmas (self awareness), e isso é muito importante pra nossa vida profissional. Treine com um amigo tua forma de contar tua história :)

Qual sua maior qualidade?

Outras formas de perguntar: no que tu te considera boa? Que feedbacks positivos tu costuma receber? Quais tuas fortalezas?

O que queremos saber e como: mais uma vez, é importante tua consciência de si mesma, e o hábito de procurar por feedbacks, perceber até os não ditos e trabalhar em formas coletivas de melhorar. Pedir ajuda é a forma mais efetiva de melhorar tudo o que fizemos. Mesmo que o que fizemos é ótimo. O que queremos saber é se tu tem essa consciência e também quais são teus pontos fortes.

Como responder: responda de forma objetiva e humilde. "Sou bastante reconhecida pela minha forma de comunicar, geralmente me dizem que sou direta, assertiva e agradável", "Gosto muito de detalhes, recebo muitos feedbacks de quão cuidadosa sou"

Dicas: geralmente achamos que essa pergunta vem como uma oportunidade de autopromoção ou se vender. Não há necessidade de te vender na entrevista em nenhum momento, porque as recrutadoras não são bobas :) — esperamos.

Qual seu maior defeito?

Outras formas de perguntar: e que feedbacks construtivos tu recebeu nos últimos meses? Quais os pontos que tu estás trabalhando para te desenvolver? Quais pontos de melhoria tu identificou? No que tu acha que tem que te desenvolver?

O que queremos saber e como: de novo, tua consciência e dedicação para melhorar a forma como trabalha. Como tu recebe feedback? Quando identifica um ponto de melhoria, como se organiza para trabalhar nele.

Como responder: antes de mais nada, saiba quais seus pontos de melhoria e estude formas de melhorar, por meio de técnicas e inteligência emocional. Saber que um feedback construtivo não tem que ser um ataque, mas um presente que te oportuniza melhorar. Peça feedbacks :) "às vezes eu levo muito tempo preocupada com detalhes, e perco oportunidades de ter feedback mais frequente das minhas entregas" é um bom exemplo, até mesmo de como uma força também tem seu lado fraco.

Dicas: dizer apenas um ponto de desenvolvimento não ajuda muito, o interessante é tu apresentar um plano de desenvolvimento e contar como foi esse processo.

O que você sabe sobre nossa empresa?

Outras formas de perguntar:: o que tu sabe sobre nós? (mais leve), o que te interessou na empresa, na oportunidade?

O que queremos saber e como: isso diz muito do teu engajamento com a tua carreira, se não conhecia a empresa, quando te chamaram pra entrevista tu dedicou um tempo conhecendo a empresa e escrevendo tuas dúvidas. Os entrevistadores querem saber se tu está interessada e se tu valoriza tua jornada profissional tanto que analisa todo passo que dá, ao invés de só considerar um emprego. Tua postura quanto a uma oportunidade diz muito de como tu pensa estrategicamente.

Como responder: com o que tu entendeu e com perguntas sobre a empresa. É legal quando candidatas chegam com a percepção e quando não entendem, não fingem que entenderam tudo e falam como um teaser de marketing. Palavras decoradas de um site não caem bem.

Dicas: dedique um tempo especial para saber tudo possível da empresa e se conhecer alguém que trabalha lá pergunte tudo :) anote tuas dúvidas e valide teu entendimento com a entrevistadora.

Comente aqui embaixo se tu vê valor nessas informações e pode ser que role parte 2, 3, 4… :)

beijos ❤