Vamos caminhar historinhas adentro

Coisas que Esopo conheceu com o tempo

Falar com o gatinho de Alice

Batizar uma barata feliz de Berenice

É isso ai mesmo que você pensou

Entrar em mundo obscuro cercado de horror

Com monstros esquisitos perseguindo donzelas

Pra falar pra ela que o que vale é a beleza interior

Um mundo diferente de tudo que se vê

Parecido demais com um tabuleiro de RPG

Onde todo mundo definitivamente vai querer te fuder

E comer pipoca ao te ver morrer

Mas calma não se assuste ainda

Temos um desfecho que deixa a história linda

Uma camondonga branca chamada Anita

Que fala espanhol e que acredita

Que nada é mais valioso que uma amizade verdadeira

E que faz de tudo pra ser sua fiel escudeira.

Agora que acabou escute o que eu te digo

Se não tivesse morte não faria sentido…

Tudo que você tem que fazer

É fechar os olhos e escolher

O destino vermelho ou azul

Pra saber se irás ficar chapado

ou tomar no cu

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.