Trilha

Minha sanidade mental anda em risco

Eu costumo me imaginar correndo. Geralmente fugindo das coisas terríveis que acontecem só na minha cabeça. Às vezes é numa estrada de terra silenciosa, com a poeira levantando à cada passo meu e campos de grama alta e pálida balançando ao vento até o horizonte. Outras vezes é na cidade. A avenida Paulista é um dos cenários. E me vejo correndo pelas pessoas sem rumo. Com lágrimas que também só rolam dentro da minha cabeça criando caminhos prateados no meu rosto.

Eu não gosto de admitir, mas sou dramático.

E isso faz parte do grande caminho de aceitação.

Esse ano tem sido completamente diferente dos outros exatamente por causa disso. Tenho me reconhecido e descobrido. Me entendo um pouco melhor à cada dia e tudo isso tem acontecido porque tenho sido muito honesto e sincero comigo.

E quando não estou paralisado pela confusão que assola minha mente como um turbilhão, sorrio e vejo que no final das contas, eu faço muito sentido.

Outra coisa nesse caminho todo é que eu tenho sido cada vez mais sincero e honesto com as pessoas, sem esperar que elas façam o mesmo. Sem nem mesmo esperar respostas. Tenho dito o que quero dizer e fico feliz por isso não fazer de mim um monstro insensível. Ao contrário, mostra o quão sensível e profundo eu sou.

E aceitei que isso também faz parte de mim. Não nego.

Sou sensível mesmo. E daí? Se tiver que rir, eu rio. E se tiver que chorar, eu choro.

E, na minha cabeça, eu continuo correndo sem nunca saber exatamente de quê.

Corro porque tenho medo. Medo de tudo. De mim, da vida, das pessoas ao meu redor. Corro com medo de cair e me machucar, por mais irônico que isso pareça.

Já estou tão cansado…

Mas não consigo simplesmente caminhar.

Fora da minha cabeça eu também corro, não literalmente. Mas notei que sempre ando com pressa. À passos largos. Não importa onde esteja, nem para onde eu vá. Corro tanto na minha cabeça que meu corpo não consegue simplesmente…

Caminhar

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Kevem Souza’s story.