Por favor, não me roube de mim

No dia seguinte, nenhuma pergunta.

Jamais fomos disso.

Sem desculpas. Não houve crime.

Para mim, sempre muito simples. Quero todos.

E você.

Se você me têm por completo quando me tem pra você, qual a necessidade de me ter a cada segundo?

Por favor, não me roube de mim.

Você sempre me supre de vários vícios — mas isso não quer dizer que eu não esteja livre de qualquer dependência.

Antes de ir pra casa, me destruir no meu silêncio, vou ri bem alto com os meninos no bar.

Pura armadura.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Kitty Vasques’s story.