Abrindo feridas feias para limpar e cicatrizar
Ronald Rios
983

Eu te entendo muito Ronald, tenho acompanhado você, sempre gostei do seu trabalho e vi como você cresceu e evoluiu e claro que isso é uma parada sua mas vou dar um pouco de mérito pra Raquel, as mulheres sempre ajudam os caras nessas coisas, eu acho.

Quero dizer também que tenho me sentido muito mal também, muito mesmo. Extremamente. E depois do seu texto sobre suícidio eu fiquei até com vontade de falar com você, mas né? Sou só uma qualquer que você nem conhece, imagina se comecassem a trocar essa ideia sem nenhuma intimidade.

Mas é isso que você disse aí no fim, eu também estou levando um dia de cada vez, uns melhores, outros piores… e é o que podemos fazer. Tomar os remédios, respirar fundo. Eu tenho que acreditar que tudo vai ficar bem e fico repetindo isso pra mim mesma o dia inteiro, pra não desistir.

Saiba que você não tá sozinho nessa, tem muita gente como você batalhando pra melhorar e eu tenho certeza que uma hora isso passa (ou melhora).

Admiro seu talento e sua vontade de fazer! Keep doing the good job.

Um abraço e um beijo na Raquel (eu não sei como é, mas penso que nessas horas, ter com quem contar, do nosso lado, faz toda diferença)

Pronto, fiz a louca que faz textão, mas é isso ai que eu queria te dizer…

Show your support

Clapping shows how much you appreciated KK Camilla’s story.