O PHP ainda é importante em 2017?

O mercado de tecnologia muda muito e muda rápido. De tempos em tempos, gosto de explorar como estão se as minhas escolhas em relação ao mercado e a pergunta que quero responder com esta investigação é se o PHP (minha linguagem do coração há 10 anos) continua sendo uma linguagem forte mundialmente e se posso seguir me dedicando a ela com confiança.

A investigação foi feita em cima de rankings e pesquisas internacionais sobre as linguagens de programação mundiais lançadas em 2016 e 2017.

GitHut 2.0

O Githut analisa todos os repositórios de código do github para obter um percentual aproximado de quanto do código que existe hoje no github pertence a cada linguagem. No fim do primeiro semestre de 2017 o PHP aparece na quarta posição:

Isso confirma o PHP no Top 5, mas repare na seta, ela mostra a variação do PHP em relação ao trimestre anterior. Quando usamos os filtros para analisar os trimestres anteriores, essa tendência de queda é observada em quase todos os trimestres. Ou seja, em relação ao total de código do Github a participação do PHP tem diminuído, como mostra este outro gráfico:

Repare que Ruby (em rosa) em PHP tem tendências de queda semelhantes enquanto que Javascript disparou, o Java aumentou sua presença no open source e o C# cresce. Mas isso significa que a comunidade PHP diminuiu?

Octoverse (analisando Github também)

Esta análise mostra uma outra informação, também extraída dos dados do Github correspondente ao número de pull requests por linguagem em um período de 12 meses e o percentual de crescimento destes pull requests em relação aos 12 meses anteriores.

No período da análise, o PHP foi identificado como a quinta linguagem mais popular e com 43% de crescimento nos pull requests em relação ao período anterior. Então, em termos de open source, o PHP segue sólido e ativo, mas claramente outras linguagens como Python, Java e Javascript estão com maior crescimento no github.

Acho importante lembrar que o github reflete uma realidade do mundo opensource e da evolução de frameworks e bibliotecas, é um ótimo indício em termos de comunidade, de ecossistema da linguagem, mas não irá refletir a realidade do mercado de trabalho por exemplo. Outro ponto é que linguagens mais estáveis (como tem acontecido com o PHP) podem receber menos pull requests enquando ecossistemas nascentes como o node podem estar recebendo mais correções e melhorias.

Tiobe Index

O índice Tiobe é construído a partir de análises em ferramentas de buscas na internet como google, youtube e bing (Wikipedia). De acordo com o site oficial, o índice pode ser usado para verificar se suas habilidades de programação estão atualizados ou para tomar uma decisão estratégica sobre qual linguagem adotar. Em setembro de 2017 o PHP aparece em 6º:

IEEE Spectrum

IEEE Spectrum é uma revista de tecnologia e eletrônica que possui um índice interativo de linguagens de programação que avalia 12 métricas de 10 fontes diferentes para montar uma ferramenta de rankings onde você pode inclusive personalizar o peso de cada critério e criar seu próprio ranking. Na visão geral do ranking o PHP aparece em 8º

Mas repare que o PHP é considero pelo ranking apenas como linguagem web. Se fizermos o ranking somente de linguagens web o PHP sobre para 5º.

RedMonk

O Ranking RedMonk é construído com base em dados do GitHub (semelhantes aos do início do artigo) cruzados com dados do Stack Overflow com o objetivo de montar uma relação entre código e discussão. Na imagem abaixo o eixo vertical corresponde à popularidade no Stack Overflow e o eixo horizontal à popularidade no GitHub:

Repare que o PHP aparece no grupo do topo, relevante em ambas as ferramentas. A imagem em tamanho original está aqui.

JetBrains Developer Ecossystem

JetBrains é uma das maiores empresas de desenvolvimento de IDEs do mundo. Eles também publicam uma pesquisa com os usuários dos seus produtos envolvendo diversos aspectos do ecossistema de software.

Novamente o PHP desponta no top 6 das linguagens usadas regularmente (se bem que SQL e HTML seriam outra categoria) e no top 3 das linguagens primárias dos desenvolvedores:

Esta pesquisa tem como público alvo os usuários dos produtos JetBrains o que também não pode ser tomado como representativo do mercado.

Conclusão

Respondendo à pergunta inicial, o PHP segue muito forte dentro do mercado de linguagens de programação, aparecendo frequentemente no top 5 dos rankings. E se considerarmos apenas linguagens para desenvolvimento web (foco do PHP) ele fica no top 3 junto com Java e javascript.

Existe sim uma “perda” de espaço relativo ao total geral. O amadurecimento de linguagens como Python, javascript e C# parecem estar deixando o mercado com melhores e mais opções estáveis e fortes. Isso não parece representar um problema, muito pelo contrário, parece mostrar uma evolução setorial, já que de forma geral, todos os ecossistemas destas principais linguagens estão evoluindo em bom ritmo.

Que o mundo do software siga crescendo e evoluindo e longa vida ao PHP.

P.S: por favor, caso você encontre qualquer erro nas referências ou conheça outras pesquisas interessantes pode me avisar nos comentários. fico grato.