Resiliência — a habilidade de lidar com a vida

Muito tem se falado ultimamente a respeito de resiliência, uma palavra que originariamente vem da Física, onde se refere à capacidade de um material resistir aos impactos a que é submetido e retornar à sua forma original.

Quando sua aplicação se estende para a Psicologia, refere-se à capacidade de uma pessoa para encarar seus problemas e se movimentar em direção a uma solução.

Todos nós enfrentamos situações em que somos desafiados a encontrar respostas novas que demandam mais energia, mais recursos, mais percepção, mais consciência. Comumente denominamos estas situações como ‘problemas’, eu prefiro chamá-las de tarefas que a vida nos apresenta para mobilizar e desenvolver habilidades e qualidades com as quais ainda não havíamos nos conectado.

Quando nos dispomos a isto, em lugar de apenas nos queixarmos da vida, crescemos e ampliamos nossa ação no mundo, incrementando nosso escopo de habilidades, seja na esfera da ação física, emocional, relacional, intelectual, financeira ou espiritual. Em resumo, expandimos nossa área de atuação e crescemos em consciência.

Com o objetivo de ativar nossos recursos latentes, a fim de criar uma vida que seja a expressão de nossa verdadeira natureza, o Ciclo de Vivência proporciona encontros para ativar os recursos inerentes de cada pessoa. Cada vivência aborda um tema específico da nossa condição humana, oferecendo ferramentas práticas para que cada participante continue trabalhando no aprimoramento de si mesmo e de sua expressão no mundo.

Todas as vivências estão embasadas nos pressupostos básicos de que (1) lidamos com estados, dimensões e processos de consciência; (2) o processo de aprendizado é contínuo e infinito; (3) apenas conscientizamos e aprimoramos habilidades que já temos e (4) partimos sempre de uma perspectiva positiva.

Conscientizar estes recursos e aplicá-los de forma criativa é de fundamental importância para transformar nossa própria realidade e, em decorrência, a realidade coletiva. Este é o propósito da Fractologia, que busca auxiliar cada pessoa na manifestação de seu verdadeiro Ser, baseado em seu padrão de integridade consciente singular, seu fractal único. É um sistema complexo, composto de muitos elementos simples que, em seu conjunto, configuram uma abordagem holográfica da existência.

Monika von Koss