Não desperdice seu tempo com estatística

Traduzido por Thomas Chi do original de Cassie Kozyrkov

Eu descobri recentemente que um querido amigo recebeu um PhD em estatística sem nunca fazer a seguinte reflexão: qual o objetivo da estatística em geral? Veja bem. Se você não sabe a finalidade dessa disciplina, você tampouco sabe quando não serve para você. Acontece que os professores não deixam isso óbvio, tentarei ajudar.

Estatística é uma ciência para mudar sua opinião sob incertezas. O que pode definir a sua forma de pensar? Uma ação programada ou uma crença prévia. Mas o que você deveria fazer se você não tem um pensamento definido? E se você não tem opinião formada?

Apenas siga com sua estimativa (isso é apenas uma forma chique de dizer “melhor hipótese com base no que você sabe”). Como você chega em uma? Apenas olhe os dados e informe o que está lá. Isso é chamado estatística descritiva e se você já usou uma planilha alguma vez na vida, você já fez isso. A boa notícia é que sua intuição é boa em indicar a estimativa certa. Não é preciso matemágica complexa.

“Mas pode estar errado!” Claro que poderia estar errado, isso é o significado de estar incerto. Não há matemágica no mundo que possa fazer certeza da incerteza. Sua melhor hipótese pode ser um erro, mas é sua melhor hipótese, o que faz qualquer outra hipótese uma hipótese pior e mais propensa a estar errada.

Apenas vá com sua intuição, não importa o quanto de dados você tem!

“Espera um pouco, mas eu preciso saber se tenho dados suficientes!” Como assim? Suficiente para o que?

Façamos uma pausa e imagine que você tem que escolher entre chapéus azul e laranja. Se você é indiferente às cores e os dados são mais favoráveis ao laranja, seria insano escolher o azul. Mesmo quando você tem apenas 3 dados a favor. Por qual loucura você escolheu o azul? Vá com o laranja, não precisa de matemática.

Se você é indiferente em relação a qual cor você deve escolher primeiro e você recebe mais votos para o laranja em comparação com o azul, não tem matemática no mundo que fará com que você escolha o azul. Matemática não é mágica e ela não transgride o senso comum.

O único jeito pelo qual faz sentido você escolher o azul é se você tem preferência pelo azul desde o início. Assim, você está questionando se a evidência a favor do laranja é forte o bastante. Em outras palavras, se há dados suficientes para fazer com que você mude de opinião. OK, como você pode dizer? Bem vindo à estatística.

Na metade superior da tabela, a evidência não contradiz sua preferência inicial, não é preciso cálculos estatísticos. Você toma sua decisão imediatamente. Se sua evidência não condiz com a sua preferência, você pode usar cálculos estatísticos para descobrir se a evidência deve mudar sua opinião.
Estatística é a ciência de mudar de opinião.

Se você está lidando com incerteza (exemplo “Esse sistema de aprendizado de máquina funcionará com os dados de amanhã?”) e as opções não são semelhantes em respeitabilidade (exemplo “Provavelmente, nós não devemos lançar a não ser que isso funcione.”) logo você está no lugar certo: estatística é para você. Veja as principais ideias aqui. Para todos, fujam agora antes que você comece a fazer um monte de cálculos meticulosos … e de forma inútil.

Aprenda mais sobre ciência de dados e inteligência artificial em português.