Engraçado, me identifiquei com seu texto mesmo com as minhas inclinações ao zero e um (exatas…
O Misantropo
11

Amei o seu comentário! Tanto que dá azo para escrever outro texto, haha :)

Sem dúvida, estamos lidando com uma sociedade cada vez mais superficial. A mesma que tem uma tesão no imediatismo inerente ao desenvolvimento de novas tecnologias mas também não despende mais muita energia na complexidade humana. Consigo me lembrar, sobre o ano passado, de muitas pessoas que tive que “descartar” em detrimento de alguma razão “egoísta” da minha parte. É a vulgarização do “não se apega, não” que compramos como uma boa ideia e não consigo pensar mais numa boa saída. Talvez os nossos avós pudessem ter sido mais felizes, talvez não…

Like what you read? Give S. Paiva a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.