This story is unavailable.

Eu gosto. E não acho ruim isso de termos uma fluidez em relacionamentos, modernidade líquida, etc.

Acho que se chegamos a esse nível de socialização, tudo bem, sabe?

Adoram tacar pedras na (nossa) geração presente, mas não é errado deixar de levar o peso de um relacionamento para a vida toda como se fazia antigamente — e, na maioria das vezes, o relacionamento nunca teve sentimento mesmo, só conveniência: por dinheiro, status, coisa e tal.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.