Nossa, me abraça porque estou numa situação muito parecida contigo.
Johnny Taira
31

Johnny! Muito obrigada pelas palavras de identificação, de afeto, de tudo! Eu recebi tua response no meu e-mail ontem e só hoje estou podendo vir aqui agradecer pelo seu feedback, quando eu queria tê-lo feito de imediato. Seu posicionamento foi a cereja do bolo para um dia perfeito para mim e que até agora vem prolongado seus efeitos. Estou com uma paz por aceitar o jeito que eu sou agora e por estar tentando evitar de querer sempre agradar as pessoas. O mais estranho é que eu cheguei a essas outras conclusões, que você apontou, umas horas depois de eu escrever esse texto: sim, pode ser até culpa da idade esse desencanto.

Mas, sabe, só nos resta aceitar mesmo esse momento que estamos atravessando e torcer para que seja benéfico a nós essa “reclusão emocional”. Temos que tirar algo de bom disso tudo.

Seja sempre bem-vindo para opinar algo aqui! Beijos!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.