Minha Indiferença

Pura e simples indiferença, nem ao menos sei se isso pode ser chamado de sentimento. Ela só chega e se apodera do meu ser.
Não consigo sentir mais nada, não sinto vontade de nada, as coisas acontecem ao meu redor é como se meus olhos estivessem vendados para tudo e todos. E meu coração trancado pois não sinto nada.
Os sentimentos me abandonaram, ficando somente a frieza e racionalidade. A tempos que não sei o que é sentir empatia por alguém, me colocar no lugar do outro.
Não sinto tristeza, raiva, amor ou felicidade independente das adversidades que acontecem comigo e ao meu redor.
É engraçado não sentir amor, não ter aquela sensação arrebatadora que vem com tantas outras sensações e com ela a felicidade. Não sentir mais as borboletas no estômago quando se sente apaixonada.
Não se revoltar com nada por mais injusta que seja, não querer e não ter um objetivo porque não há alguma coisa que te mova.
Para muitos deixar de sentir seria um alívio, mas para mim eu não sei classificar se é bom ou ruim. Disseram que posso acabar virando alguém horrível, pelo visto vou acabar vivendo sem ter sentimentos.
De que adianta ter um raciocínio extremamente rápido, mas não poder sentir?

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.