Should I stay or Should I go now?

Em tempos de crise é normal passar esse tipo de questionamento pela cabeça das pessoas. Seja uma crise econômica, ambiental ou de qualquer outra categoria.

Na Irlanda, entre os anos de 1847 e 1849 houve uma das maiores crises de plantio de todo o país: a praga das batatas. Um fungo que acometeu toda a plantação de tubérculos provocou um dos maiores surtos de fome de toda a Europa moderna, matando milhares de irlandeses e obrigando outro tanto deles emigrarem para outros países.

Essa crise foi uma das mais devastadoras para o povo irlandês, mas muitos permaneceram em seu país, pois não queriam abandoná-lo e deixá-lo desaparecer do mapa. Depois de muitos anos, ainda é possível ver e ouvir sobre essa história e os que ficaram ganharam estátuas, monumentos e suas famílias se orgulham até hoje pela batalha que eles venceram e pela Irlanda, mesmo sendo uma ilha pequena, não ter sumido do mapa e ser um país cheio de alegria e orgulho.

Agora, voltando para nossa realidade, estamos vivendo -novamente- uma crise financeira no Brasil! Essa crise que já levou consigo 11 milhões de brasileiros para as filas de seguro desemprego e buscas de novas oportunidades. Não está fácil ver um futuro para o país tão cedo, mas não acredito que a solução seja fugir!

Em tempos de crise, estamos vivenciando uma olimpíadas cheia de garra, torcida e animação. Em meio a essa crise estamos recebendo estrangeiros de todos os países.

Should I Stay?

Eu acredito que sim!! Acredito que devemos ficar e, como os irlandeses fizeram a décadas atrás, lutar pelo nosso país e não deixá-lo. Ninguém disse que seria fácil, ninguém disse que você faria isso com as mãos nas costas, mas somos brasileiros é nosso lema é que não devemos desistir nunca.

Somos um povo alegre, divertido e cheio de energia! Vamos usar essas qualidades a nosso favor. Já diziam os grandes filósofos “é na adversidade que nós crescemos”. Vamos usar nossa criatividades, vamos inovar e achar outras maneiras e segmentos de ganhar nosso pão de cada dia! Vamos lutar, vamos votar com consciência e não vamos abandonar nosso país!

Shoul I Go Now?

Não julgo quem queira tentar a vida lá fora, por experiência própria eu digo: vale muito a pena!!! Mas, não ache que seus problemas irão embora ou serão menores! Viver fora do seu país é uma experiência ótima e que te trás muitos benefícios. Aprender uma língua nova e – melhor – universal irá te abrir muitas portas.

Não estou te amaldiçoando, longe de mim!! Quando digo que não será fácil, é porque você terá que enfrentar o preconceito de alguns, a dificuldade de uma nova cultura, nova língua e o fato de tudo que você fez aqui no Brasil pode não valer para o país que você for. Mas aproveite cada segundo. De com a cara na porta, tente e não desista, pois essa experiência será uma das melhores que você terá na sua vida e será uma das que você lembrará por mais tempo e sempre com um sorriso no rosto. Viva o momento, conheça gente, faça amigos e tente ao máximo aproveitar todas as oportunidades que essa viagem te der, mas PELA AMOR DE DEUS não desfaça do Brasil 😔 . Não fale mal da sua pátria e nem jogue pedra em sua história. Por mais problemas que a gente tenha, faça um esforço e lembre das coisas boas, lembre do povo alegre e batalhador, lembre de como é bom estar no Brasil e das coisas boas que você pode aproveitar enquanto estava aqui. É muito triste ver seu irmão de pátria falar mal do seu país perto de muitos estrangeiros que, infelizmente, não tiveram a oportunidade ou vontade de conhecer o Brasil.

Tempo de Inovar

Por fim, pense nesse tempo de “crise” como “tempo de inovar” . Aproveite para pensar em mudanças na sua vida ou carreira. Pense em o que você poderia fazer diferente e saia da caixa. Seja para ficar ou sair do Brasil, aproveite esse tempo da melhor forma e cresça nessa adversidade, para que quando a neblina baixar e o sol aparecer você possa aproveitar da melhor maneira possível !

Eu escolhi ficar, e você?

Like what you read? Give Laila Lafloufa a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.