FORREST GUMP: O CONTADOR DE HISTORIAS

Falando sobre cinematografia, esta semana vamos abordar os tipos de narração existentes nos filmes, é claro que para um filme acontecer é preciso de uma historia, seja ela boa ou ruim e é ai que entra a narração, ela está classificada em seis tipos diferentes:

Linear: É a narrativa que tem apenas um fio condutor. A história tem um começo, meio e fim, sem interferências.

Binária: É a narrativa na qual se desenvolve duas histórias paralelas independentes, até chegarem num ponto de cruzamento e chegarem ao final.

Circular: É a forma narrativa em que a história termina onde começou, fechando-se assim um círculo. A história reencontra o seu começo para terminar.

Inserção: É a narrativa na qual o tempo e o espaço são manipulados na edição de montagem, criando o seu ritmo, sendo que estes filmes são também chamados de filmes de montagem.

Fragmentária: É caracterizada pela desorganização de imagens de diversas procedências, filmadas pela a equipe que vai realizar o filme, compradas de arquivos ou de stock shots.

Polifônica: É a forma narrativa onde são contadas diversas histórias, se desenvolvendo simultaneamente, sendo que não precisa haver, necessariamente, uma ligação entre elas. Este tipo de narrativa exige muito conhecimento de como fazer e não é muito comum pela dificuldade.

Em se tratando de história e narrativa, hoje trago um filme um tanto quanto antigo, nada mais que 21 anos, Forrest Gump é um filme muito interessante e famoso. dirigido por Robert Zemeckis com Tom Hanks no papel-título, a história atravessa várias décadas na vida do personagem central, Forrest Gump, um homem simples do Alabama que viaja ao redor do mundo, encontra figuras históricas, como Elvis Presley, Presidente John Kennedy, John Kennedy, presidente Richard Nixon, John Lennon, entre muitas pessoas famosas, ele influencia a cultura popular e é testemunha e alguns dos eventos históricos mais notórios da segunda metade do século XX.

O filme começa com uma pena caindo aos pés de Forrest Gump, sentado numa parada de ônibus em Savannah, na Georgia. Forrest pega a pena e coloca-a dentro de um livro, e então começa a contar a história de sua vida a uma mulher sentada próxima a ele, ao passar da historia os ouvintes vão mudando. Forrest conta como ele cresceu, os ensinamentos de sua mãe e de sua grande amiga Jenny, o quanto a amava, conta suas aventuras, realizações e sofrimentos. Forrest está esperando o ônibus porque em 30 de março de 1981, ele recebeu uma carta de Jenny que, após vê-lo na televisão, convida-o para visitá-la ele mostra a carta de Jenny a uma senhora que está ouvindo sua historia,ela fala para ele que o lugar que ele quer ir não é necessário ir de ônibus, uma caminhada rápida já chegaria, Forrest então corre e encontra Jenny que dá a noticia que ele é pai, e ela esta com um vírus que poderá te matar. Após isso Jenny e Forrest finalmente se casam, mas o casamento dura pouco por causa da morte de Jenny.

O filme termina com Forrest levando seu filho a um ônibus escolar,Forrest ao colocar um livro que sua mãe lia para ele, deixa cair uma pena, que havia aparecido no início do filme. Quando seu filho vai em direção ao ônibus Forrest o chama e parece tentar dizer algo a ele, porem pensa em sua vida, o quanto foi feliz e acaba não dizendo nada, não dando nenhum conselho sobre não ligar em sem zombado. Então pai e filho dizem que se amam. A pena no livro de Forrest é levada pelo vento, e flutua ao céu, como no início do filme.

Este é um filme bem interessante de analisar a narrativa, pois existem mais de uma dentro deste filme, o mais clara que vemos é a Circular, quando o filme começa e termina com a pensa sendo levada ao vento. Outra narrativa é a polifonica, quando Forrest conta sua historia,passa por diversas pessoas e fatos históricos, com isso varias historias são contadas e relatadas durante o filme. A narração Inserção também é notada já que o filme usa de imagens tiradas de outros lugares para compor o filme, assim como na cena em que Forrest vai ao programa de Dick Cavett e encontra-se com John Lennon.

É isso ai pessoal, por hoje é só e quem AINDA não assistiu este filme, favor assistir, pois é muito bom!. até!!

Like what you read? Give Lais Cristina a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.