Oi, Lais! :) Gostei muito do seu texto e idealizo muito esse caminho pro futuro das marcas.
Joana Mitidiero
72

Oi Joana, tudo bem!? Que legal que gostou do texto, obrigada! Concordo com você de que este é um ponto de vista minoritário ainda mas, assim como todo movimento, começa com um grupo menor e cresce. 
Tenho muita convicção de que não tem volta. Slowly but surely, sabe? 
Sei que do ponto de vista das marcas, este é um movimento que está crescendo em ritmo acelerado. Começando pelas categorias mais facilmente associadas a alguma questão ambiental ou social. A indústria da moda, por exemplo. E todo este movimento sobre o plástico, as fotos-escândalo com tanto lixo no mar e etc tem feito as pessoas pensarem sobre o ciclo de vida dos produtos e a participação delas nesta processo. Ainda me parece distante do main stream mas esta conversa está chegando para as marcas desejo de tech. Quando a Samsung incentiva que consumidores entreguem celulares antigos como forma de pagamento por um novo, por exemplo. Enfim, acho que as nossas visões são otimistas mesmo mas não deixam de ser realistas também. Você está certa em idealizar um futuro assim! :)

Like what you read? Give Lais Hauschild Cobra a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.