Fast Food Japonês O Rei do Pastel: o pastel é quase tão grande quanto o nome

O pastel tem um certo lugar na vida de cada um. Seja aquele tradicional pastel de feira com caldo de cana, comido obviamente na reunião de lojistas informais que dão seu nome à iguaria, seja algo mais elaborado, uma entradinha gourmet, com geleia de pimenta, enquanto você aguarda uma refeição cara em um restaurante da orla de São Luís.

Particularmente tenho duas referências enormes de pastéis.

É isso aí, estou abrindo minha história gastronômica para vocês.

Um deles é o pastel do Bar do Porto, que incontáveis vezes, em inúmeras sextas-feiras no Reviver, forrou o bucho de um jovem estudante de humanas antes, durante ou depois da cervejada que marcava o início do fim de semana.

E quando eu digo cervejada, pense também em uma garrafa de São Bráz, claro. Nenhum hellviver estava completo sem o São Bráz.

A outra é o Pastel Loko, logo no início do extinto Shopping Colonial, no sufocante centro da cidade.

Tenho parentes que moram no Centro e frequentei bastante o local lá nos nostálgicos anos 1990. Lá, eu e minha avó fazíamos geralmente duas coisas: comprávamos CDs piratas para meu PS1 e comíamos pastel.

Era tradição até.

E hoje em dia, onde comer pastéis em nossa nação São Luís? Para a postagem dessa semana eu trago uma opção: Pastel do Japonês, no Olho D´água.

É totalmente necessário começar esse texto falando que, no dia do Review, 26/08, também estivemos na Gran Pastelli, recém inaugurada no Parque Athenas, para um comparativo, mas impressionantemente o pastel tinha ACABADO.

Só pra ressaltar mesmo. Um dia tento de novo…

O ambiente do Pastel Japonês é bem agradável. Similar ao Cuca Pizza Burguer, visto que ambos são vizinhos, na mesma galeria.

Engraçado que as cores do Japonês também se apoiam no vermelho e amarelo. Dentro, nas paredes, também existem sofazinhos, ao lado de cadeiras de um plástico bem resistente e bonito nas cores da empresa.

No fim do corredor um caixa, estufas onde moram os salgados e um painel bem legalzinho com a palavra “pastel” em diferentes línguas.

Pastell, Pastel, IPÀstel, Kurama Yoko

Uma surpresa divertida são os adesivos que marcam as portas de masculinos e feminino dos banheiros.

Vacilo meu em não tirar foto, admito, mas são como dois personagens de um obscuro MMORPG asiático.

Vou até dar um exemplo

Catei no Google

Finge que é assim.

Sobre os salgados: talvez você tenha ficado curioso. Eu provei e comento mais embaixo.

Do lado de fora, no estacionamento e na calçada da galeria, mesas de plástico se estendem até onde é possível ver.

Mentira.

Mas ainda assim, são muitas.

Como um todo, acho o ambiente super agradável. Confortável. Já está, porém apresentando uns sinais de cansaço.

Um lustre quebrado, papel de parede já ficando surrado…Normal. Só tem que ver quanto tempo demoram pra fazer a próxima manutenção.

O atendimento, na falta de uma palavra melhor, estava conturbado. Pode chamar de loucura que serve também.

Eu sou cliente da casa, já fui diversas vezes e afirmo, nunca tive tantos problemas com o atendimento. Mas nesse domingo foi terrível.

Demorou cerca de 1h pra sair o pedido da mesa, 6 pastéis e 1 salgado. Salgado esse que pedi para vir antes do resto do pedido, já estava pronto, e mesmo assim demorou.

Pastéis da minha mesa

Também esperamos muito para pagar a conta. Só conseguimos passar os cartões quando levantei e fui cobrar a atendente no cara a cara.

Conforme fui informado, só tinha uma máquina de cartão funcionando naquele lotadíssimo final de semana. E ela ficava rodando por todas as mesas aparentemente, menos a minha.

Uma merda, sim? Mas tenta explicar tudo isso para os clientes com fome e impacientes pra ver quantos vão se compadecer.

E uma das coisas que mais prezo aqui no LB é a verdade dos fatos. Se é pra criticar, vamos criticar.

Tá bom. Senta lá, Lanche Barato. Vamo falar do Pastel?

Não. Na verdade vamos falar do salgado primeiro.

Salgados

Pedi, em benefício do site, um rissole de queijo e presunto. Custou R$ 4,00. Não é ENORME como um salgado do China, nem perto. Mas é sensacional.

A massa crocante, o recheio macio, cremoso, bem servido de queijo. Combinado com a maionese da casa, que é DELICIOSA, melhor que a de muitas hamburguerias por aí, e com o ketchup de goiaba, que também é coisa de outro mundo, fica uma combinação incrível.

Vou deixar a dica aqui despretensiosamente: Que tal porções de pastel e salgados bitesize pra tomar com cerveja?

E é isto

Ia ser foda! #fikdik

O pastel tem três elementos que adoro: é gostoso, é bem servido e é “barato”.

Já explico as aspas.

Pedi o meu “de sempre”, Calabresa com queijo. Já provei o de carne, o de pizza, o só de queijo e todos são gostosos e muito bem servidos, o que talvez seja o mais importante.

Grande e super recheado. O Salgado foi totalmente desnecessário se o objetivo fosse simplesmente “encher o bucho”. Eu queria mesmo era mostrar pra vocês.

Dá pra ver o recheio?

A massa é bem frita, crocante, mas não fica pingando óleo. Não sinto que mergulhei na fritadeira a cada mordida.

Aparentemente é tudo feito na hora. Sempre recebi meu pastel bem quentinho. Ele também acompanha a maionese e o ketchup de goiaba.

E as aspas no Barato?

Ainda não comentei o preço, certo? Os pastéis vão de R$ 10,00 a R$ 12,00 dependendo do sabor escolhido.

Acho que tem uns mais caros de R$ 14,00, mas nunca me aventurei nesse ponto.

Obviamente não é um pastel de feira de R$ 2,50, mas ele é grande, bem feito e, novamente, bem servido.

Os molhos estavam excelentes

Considero barato pelo que oferecem, inclusive pelo ambiente. Sei que alguém vai reclamar, como sempre, que o pastel do Joãozinho da feira do João Paulo é super mais barato, mas o custo benefício de comer uma comida legal em um lugar legal pagando só R$ 10,00 é bom demais.

Concluindo, apesar da experiência não muito agradável com o atendimento nessa última visita, eu continuarei frequentando o Japonês. Ainda não tinha comentado, mas eles são cheios de promoções durante a semana. Só ficar de olho nas redes dos caras que dá pra comer mais barato ainda.

Vejo vocês em breve.

https://www.instagram.com/pasteldojapones/
https://www.facebook.com/japonesoreidopastelslz/
 Av. dos Holandeses, proximo ao retorno do Olho d’agua, Galeria Bandeira Plaza, loja 25.