Já procurou alguma vez Hotel na internet?

Há um grande questionamento no mundo contemporâneo que precisa ser resolvido: qual bumbum mais bate? Qual bumbum mais pula?
Eu chamo atenção para esse refrão que nas últimas semanas apareceu como vírus nos meus feeds, sabendo que daqui a pouco aparece outro e ninguém sabe pra onde vai isso. Mas é sobre outro questionamento que também se tornou viral que eu quero ir, porque, após ver as pessoas se perguntando sobre procurar hotel na internet fui lá e procurei e descobri do que se tratava, entrei no site do anunciante e fiquei imaginando como seria se a vida fosse simples daquela forma. É tipo esses aplicativos de relacionamento, você vai filtrando até chegar no que você pré julga melhor para você. Talvez seja só uma viagem minha, mas bora trazer esse comercial pra nossa realidade. Você quer alguma coisa e sai procurando de forma desordenada e termina se confundindo, daí é só parar pra pensar um pouquinho e vai que você tem algo certo bem alí perto de você, que vai te orientar e tornar tudo mais simples da maneira como você pensou. Mas bate aquela teimosia né, “gostei, vou querer, mas esse não é o momento ainda” pode pensar assim, porém uma vez que você conheceu, tem um mecanismozinho que vai fazer aquilo ali voltar até você, quando você menos esperar. Vai assistir àquele vídeo novo do Whindersson e antes dele começar a dançar, lá vem o anúncio, o cara vindo falar de hotel, no meio digital o nome disso é remarketing, e aqui entre nós quando você conhece algo (ou alguém) que gosta mas fica ainda pensando que não, esse algo ou alguém vai aparecer na sua cabeça quando o ônibus tiver passando do seu ponto e você esqueceu de descer, justamente porquê? Isso também tem nome, mas eu farei igual fumaça e vou deixar no ar.
Na vida três coisas são certas:
A gente vai amar;
Um dia vai morrer;
E hotel? Trivago!

#cronicasbyLou