25/03/2013

Eu queria poder conversar sobre tudo o que eu guardo aqui. Sobre minha eterna vontade de dar as costas à tudo e simplesmente correr, correr e correr. Até chegar a algum lugar, ou a lugar algum.

Mas não quero alguém que me dê conselhos sobre como isso não é normal, que devemos enfrentar nossos problemas e que me diga como pensar diferente. Não quero alguém julgando minha covardia e o fato que sempre finjo estar tudo bem.

Quero alguém que seja inútil como eu sou e faça planos comigo. Planos para onde correr e onde parar para descansar. Alguém que tenha assunto para conversar na longa jornada que eu sei que jamais acontecerá.

Like what you read? Give Laris a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.