Ela puxa meu cabelo


Ela puxa meu cabelo

E me doma

Como se fosse minha dona

Ela me deixa na lona.


Respiração ofegante

Olhos brilhantes

Ela me fascina, me encanta

Ela me canta

e com um beijo

Ela me ganha.


Ela é a soma

Ela não subtrai

E nem divide

Ela é o inteiro

Ela rebola

Ela quica

Ela vai.


Vai me amando no escuro

E no obscuro ela vai fundo

De quatro no quarto

Eu me afundo.


Puta

Piranha

Eu sou

E assumo.

Melhor ser uma puta feliz

Do que uma Santa frustada

Por isso eu sarro e te dou sarrada.


Me usa que eu te uso

Entao tira minha blusa.


Eu te abraço você me amassa

No sofá

Na cama

Ou no asfalto.


Dia nublado

com barulho da chuva no telhado

Eu te cato dentro do carro.


Eu entro em você e você grita,

Mas não é de dor ou de agonia

É de prazer misturado com alegria.


Ela puxa o meu cabelo

bate na minha bunda

E beija minha nuca

Ela me me enlouquece

E me aquece.


Eu faço de tudo

Pra te ter num todo

Eu te assanho e te arranho

Eu te amo.


Larissa Freschi

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.