Fui, querendo ficar.


Nem tudo que vai realmente quer ir. Uma coisa não tem nada haver com a outra. Não queria ter ido, meu coração ficou com você naquele abraço desesperado, mas minhas pernas me levaram para outro caminho.

Seguimos direções opostas, mesmo querendo trilhar o mesmo caminho. Os botões da nossa camiseta desalinhou e eu sinto tanto por isso, eu sinto muito.

Eu ter ido não significa que o amor se foi, nem sempre é assim, e não foi assim. Eu fui, fui querendo ficar, fui querendo te beijar, fui querendo te abraçar, fui te amando, mas infelizmente eu fui.

Não me culpe, muito menos se culpe, ninguém aqui tem culpa, às vezes a vida nos prega peças que não entendemos, mas tenho certeza que um dia iremos entender.

Eu sigo te amando, e sei que você também, eu vi isso nos seus olhos e pela primeira vez o nosso amor doeu. Isso me quebra inteira, mesmo querendo deixar você me montar eu não posso, tenho que fazer isso sozinha.

Como eu te disse, eu estou no meio do mar perdida e não vejo terra firme alguma, mas não vou desistir até alcançar, espero que você esteja do outro lado.


Larissa Freschi