Meu ponto fraco!


Esses dias alguém me falou que você é meu ponto fraco, sem pensar duas vezes eu concordei.

Concordei porque você é a única pessoa que eu me importo realmente com a opinião, é a única que eu me preocupo com “o que vai achar de mim” é a única que com pequenas palavras consegue destruir meu dia inteiro. Sendo com palavras boas ou ruins.

Hoje o meu dia começou péssimo, tive indiretas de você falando que sou mentirosa. E isso doeu mais que uma facada no peito doeria.

E não, não doeu porque é verdade. Porque você mais do que ninguém sabe o quanto eu odeio mentiras, teria eu virado a coisa que eu mais abomino? Não, não virei, não sei o que você viu, o que deixou de ver. Mas não eu não sou mentirosa, na verdade a única coisa que eu tento mentir pra mim mesma todos os dias é que você é passado.

É como aquelas coisas que dizem que falar uma mentira mil vezes se torna verdade, eu tô tentando, repetindo isso mil vezes pra mim pra ver se isso torna um fato real.

Mas não adianta, nada adianta. Você tá aqui. Tá ali. Tá em todos os cantos do meu ser.

Queria que fossem mentiras todos os meus “te amo” pra você, porque agora não doeria tanto não dizê-los.

Queria que fossem mentiras todos os gestos de carinhos, porque agora não teria lembranças que me fazem morrer de saudade.

Queria que fossem mentiras todos os seus sorrisos, porque agora dói tanto não vê-los.

Queria que fossem mentiras todas as nossas noites grudados nos lençóis, porque agora a cama é tão vazia sem você.

Queria que fosse mentira o que sinto, porque é tão ruim sentir sozinha.

Queria que fosse mentira o nosso fim, porque eu queria que fosse pra sempre.

Esses dias alguém me falou que você é o meu ponto fraco, sem pensar duas vezes eu concordei, sem você, eu sou fraca.


Larissa Freschi