Minha linha tênue não existe


A linha tênue entre sentir tudo e não sentir nada já não faz nenhuma diferença dentro de mim. Quanto mais eu sinto, menos eu sinto, porém eu sinto muito por isso.
Eu sinto muito por quem tem que aguentar minhas crises (mas ao mesmo tempo não sinto nada), meus choros e meus surtos.
Acordo todo dia querendo lutar contra os meus demônios, às vezes eu caio às vezes eu venço, mas na grande maioria eu nem me mexo, lutar pra que? Eu sempre volto para a estaca zero.
Sempre fui a garota mais sorridente da turma, a pessoa mais otimista e positiva possível, hoje me pergunto aonde se encontra essa garota? Aonde foi parar toda aquela fé no amanhã melhor?
Eu não sei a resposta disso, pra falar a verdade não sei a resposta de nada e nem tenho interesse em descobrir. A minha linha tênue se esticou, torceu, quebrou, e eu nem percebi nada.
Minha linha tênue já não existe mais, no lugar dessa linha existe nada, somente uma garota perdida no meio do caos sem buscar ajuda. Ela não quer ser ajudada, ela não quer ser encontrada, ela quer se encontrar sozinha, ela precisa se encontrar.
Ela precisa de uma nova linha tênue, na verdade ela precisa de uma corda firme, uma corda que não tenha chances de se arrebentar com o vendaval que possa ocorrer na tua vida.

Larissa Freschi