Vida de Amora — Um Blog de Moda Consciente

O público mais consciente nunca se identificou ou se cativou pelo mundo das blogueiras. Nunca sequer citei o nome de alguma — até conhecer Flavia Ribeiro, a Stylist criadora do Blog Vida de Amora.

Flavinha, como é conhecida, nasceu em Bauru, no interior de São Paulo e lá viveu até 2010, quando se mudou para a capital paulista e se formou em Rádio e TV pela Cásper Líbero. Um tempo depois, em 2014, resolveu se dedicar à um antigo talento visual: a moda. Cursou moda no SENAC e atuou como produtora de moda em grandes revistas. Hoje a Flavinha está a mil por hora: é Stylist da FARM e Blogueira no Vida de Amora.

Assim que a Flavinha começou sua carreira na moda várias questões lhe vieram à tona. A moda fútil, consumista e arrogante não era o seu foco. Ela queria representar a moda como forma de expressão, a moda consciente e atemporal — tudo isso de um jeito descomplicado e acolhedor. Para isso percebeu que teria que montar algo novo.

Quando surgiu a ideia de criar um blog, se espelhar nas blogueiras que já existiam não era uma opção. Não havia alguma que realmente iria em acordo com seus ideais. Já com experiência no mundo corporativo da moda, ela conhecia a verdade por detrás do universo dos blogs de moda brasileiros.

Com poucas exceções, os blogs têm um financiamento alto das grandes empresas de moda. O “look do dia” nada mais é do que um look pago. A blogueira não escolhe seus looks, ela simplesmente é paga para usá-los e publicá-los — e ainda não deixa isso claro para o público. Tudo vira um ciclo vicioso e, com isso, elas ganham um patamar de celebridade ao público que gosta de seguir tendências.

Ocorre que o problema não é divulgar marcas, e sim passar a imagem de que aquilo que veste é uma seleção da própria blogueira, ou de que aquilo é o seu lifestyle. Isso é a publicidade antiquada aplicada em uma nova ferramenta — coisa que o público tem sempre que se atentar.

Em contramão, a Flavinha, juntando seus ideais e todo o seu estilo, criou o Vida de Amora — um blog adepto ao slowfashion, voltado para um consumo de moda mais consciente. Sobre a publicidade, lá no blog dela tem também, porém em um cantinho reservado só para isso, onde acolhe marcas que tenham a ver com seus princípios, e onde deixa bem claro a finalidade publicitária.

No Vida de Amora também existe um espaço chamado “Pausa para o Café”, onde são entrevistadas marcas que o blog se identifica, sempre incentivando o trabalho local e consciente, práticas ecologicamente corretas, a economia solidária e levando ao público conteúdo informativo e de qualidade.

O blog tem ensaios que representam a moda com simplicidade, contando com a beleza e o charme natural da Flavinha. Nele também se acha, de uma maneira exemplificativa, formas de usar a mesma peça de roupa ou um acessório de várias formas — valorizando a reutilização e a vida útil das roupas.

Em julho/16 o Vida da Amora ganhou cara nova. Com um novo formato e novo layout, a Flavinha não ficou sozinha na montagem — com ela estava sua parceira de longas datas, sua irmã Fernanda Ribeiro, uma excelente ilustradora que, lá do Canadá, ajudou com seus lindos desenhos e conhecimento de imagem. De outro lado estava o criativo Eduardo Bessa, que fez toda a programação e design.

É enorme o cuidado com que a Flavinha escolhe as marcas e os produtos que vão para o blog, além das peças que veste nos ensaios fotográficos. Lá no Vida de Amora ela conta de viagens, de experiências e da ida em vários eventos importantes de moda. Vale a pena conferir tudo de perto!

www.vidadeamora.com.br

Instagram: @flaviaribeiro

Facebook: www.facebook.com/vidadeamora