Letter of Intent — Laura Calanca Góes

Olá, estou muito feliz de poder me apresentar através dessa carta! A forma de recrutar da J&J foi um item que chamou minha atenção. É muito bom poder falar sobre mim e não ser avaliada apenas por notas em testes.

Uma característica marcante minha é a facilidade no relacionamento com pessoas. Meus amigos dizem que não conhecem alguém com tanta facilidade para fazer amigos e agregar pessoas como eu. Sou sempre a líder dos meus grupos, organizo encontros e viagens, incluindo planilha de gastos. Eles dizem também que sou ótima para ensinar. Na faculdade, fui diretora acadêmica do diretório acadêmico do meu curso, levando críticas e sugestões que pudessem melhorar a qualidade da experiência dos estudantes à diretoria, organizando eventos acadêmicos como feiras e palestras, e motivando os alunos. No trabalho, sou conhecida por ser fácil de lidar, ajudar a todos mesmo quando o assunto não é do meu domínio, aprender diversos assuntos com facilidade e por organizar as melhores confraternizações de equipe. Minha família diz que sou sempre otimista e perseverante com meus objetivos. Segundo eles, comigo “Não tem tempo ruim”, e é basicamente assim que gostaria de ser lembrada: otimista, que não desiste fácil, não tem medo de arriscar, e desperta essa mesma mesma motivação nas pessoas. Amo ensinar, aprender, colaborar e trocar experiências, seja dentro da minha área de atuação, fora dela, no expediente, ou nas horas vagas. Adoro ler sobre gestão, tecnologia, espiritualidade e auto-conhecimento.

Através da tecnologia, eu consigo otimizar o que pra mim sempre foi natural: conectar pessoas e solucionar problemas. É por isso que eu escolhi essa área para estudar e trabalhar. A área de TI é muito ampla, mas na área funcional de sistemas que é onde atuei maior parte do tempo, alinhei meu propósito pessoal de ajudar, conectar pessoas e otimizar atividades com meus objetivos profissionais.

Intercâmbio em São Francisco — Califórnia, 2018.

Amo viajar. Conhecer lugares novos e viver trocas culturais é fundamental pra mim, e isso inclui viagens profissionais e acadêmicas. Esse ano realizei um sonho que considero meu maior orgulho: meu intercâmbio. Sonhei com isso desde os 15 anos, porém sempre tive barreiras. Na adolescência eu dependia financeiramente do meu pai, e ele achava que não era o momento, então não me incentivava. Após entrar na faculdade, comecei a trabalhar, e não quis abrir mão de experiências profissionais. Quando me formei, já havia sido efetivada no trabalho e consegui tirar 30 dias corridos de férias. Por ter juntado dinheiro e estudado inglês até então, consegui fazer um curso de gestão empresarial em São Francisco, local escolhido pois sempre quis conhecer o Vale do Silício. Muitos falaram que um mês não seria suficiente, mas aprendi na prática que tudo depende de nós. Posso afirmar que a experiência que tive nesse mês, muitos não tiveram em mais tempo. Meu intercâmbio começou muito antes, quando comecei a planejá-lo. Cheguei lá já tendo amigos que fiz através de aplicativos, e com uma agenda de eventos de networking montada. No curso conheci pessoas de diferentes culturas, minha professora além de gestora era coach e me ajudou a desenvolver habilidades de liderança, frequentei eventos famosos como “Women Tech Leaders” que acontece no Google, e fiz contatos que me proporcionaram visitas a empresas como Sephora e Uber, além de ter trabalhado como voluntária no maior evento de Investidores Anjo daquela região, o “Angel Capital Expo”. Voltei de lá com uma sensação única de sonho realizado após tantas barreiras, e com a certeza de que cresci muito como pessoa e profissional. Sempre gostei de desafios, e viajar sozinha pela primeira vez para o exterior, sem conhecer ninguém, e voltar com tantas conquistas foi muito gratificante. No último dia de aula, a professora deu uma palavra que, na opinião dela, resumia cada aluno, eu recebi “atitude”.

Outra conquista marcante que representa mudança para mim, foi a minha efetivação na empresa onde trabalho. Quando iniciei meu estágio, me informaram que não havia chance de efetivação. Porém, devido a minha boa performance e a saída de um funcionário na equipe, fui efetivada e alocada em um projeto de implementação do sistema SAP em uma empresa do grupo. Fui treinada com academia SAP SD para aprender a teoria de tudo que eu praticava como estagiária, e além de tudo, fui instrutora de treinamento dos usuários de faturamento ao final do projeto. Foi uma experiência que marcou minha transição de estagiária para profissional de TI, e pude vivenciar pela primeira vez experiências como viajar a trabalho e treinar pessoas, as quais eu gostaria de exercer sempre que possível pois são enriquecedoras.

Ao longo desses anos, descobri que é preciso atuar em um local que nos identificamos com a cultura, com os valores e com o produto, para termos real sentimento de dono e realizarmos um excelente trabalho de forma natural. Confesso que eu não tinha essa visão quando comecei a estagiar. Meu foco era obter experiência técnica, sem pensar muito além disso. Se eu tivesse essa visão ha um tempo atrás, teria focado em empresas que me identifico. Hoje, estou em busca de um plano de carreira bem definido, com oportunidade de crescimento pessoal e profissional, em uma empresa que eu admiro e vejo sentido no produto final. Eu sempre quis trabalhar em uma empresa presente na vida de muita gente, com público-alvo extenso. Gosto de ver impacto positivo na vida das pessoas. Paralelamente a identificação com os valores, o programa de trainee de TI da J&J também se destacou para mim pela possibilidade de me tornar líder naquilo que eu apresentar boa performance, treinamentos no exterior e job rotation. É importante pra mim conhecer a área de TI como um todo pois não tive essa visão ampla em nenhuma empresa, inclusive a chance de conhecer a área de Marketing Digital me interessa bastante pois é algo que costumo ler sobre, mas não tive acesso a esse conhecimento na faculdade e nem na prática. O programa oferece tudo que eu considero ideal para ser uma profissional completa e uma pessoa realizada.