Texto tem partes muito boas e algumas, além de bem escritas, estão muito bem pensadas.
Alberto Caeiro Junior
2

Alberto, sinto muito que pense assim. Acredito que, além dos pontos desenvolvidos no texto sobre a questão do medo da vulnerabilidade, uma das coisas que contribui para que o sexo casual sem carinho e sem respeito seja tão comum é essa ideia de que só se deve ser respeitoso e carinhoso com alguém com quem você tem um relacionamento amoroso. Acho isso bem triste, na verdade. Do mais, não acredito nos conceitos de “sexualidade exacerbada” e “promiscuidade”, pois partem de algumas premissas sociais específicas às quais não me alinho. Por esse motivo, não acho que seja possível concordarmos mesmo — partimos de premissas diferentes.

Like what you read? Give Laura Pires a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.