H. Geral do Mar — I

Dossiê dos Cardumes

Foi dito!

Foi dito — por quem? — por mais de um provavelmente, mas foi dito, segundo a historia foi dito muito antigamente, que os peixes nadarão em cardumes de suas próprias espécies, e será o comportamento natural. Isso foi dito na historia e foi seguido daí então.
Naquela epoca os cardumes eram felizes e não havia problema, não havia tristeza, o ciclo da vida funcionava perfeitamente, porém alguma coisa aconteceu em terra. A invenção BARCO foi criada, e o Barco invade o mar, e pesca os cardumes.
O ciclo foi quebrado, diversos peixes da mesma especie são capturados ao mesmo tempo, são mortos e esquecidos pelo mar, desse dia em diante os cardumes são atacados por pescadores todos meses.

Manifesto dos Cardumes Mistos

Para o bem da nação marítima foi decretado ordens preventivas de segurança, infelizmente no momento em que estamos, cardumes de mesma especie não poderão andar juntos, porém nós da SMM (Sociedade Marítima Mista) acreditamos que ordens não são somente positivas para a segurança do mar mas também será positiva para uma sociedade mais diversa e mista, pois grupos de diferentes peixes andando juntos exaltará suas individualidades, trazendo a tona o máximo potencial que um ser marítimo pode atingir, sem uma competição de ego de mesma espécie no cardume, obteremos uma sociedade sim mais complexa e com opiniões mais distintas onde as discussões para o futuro do mar sejam mais interessantes.

Fica aqui decretado as seguintes ordens preventivas:
• Todo cardume misto terá que ter um peixe enorme e pesado
• Todo cardume misto terá que ter um tubarão
• Todo cardume misto terá que ter caranguejos
• Todo cardume misto terá que ter peixes
• Não é permitido negar um plancton no seu cardume misto
• De fato não é o SEU cardume misto
•É um cardume misto
•Não tem chefe.

Dessa forma será possível enfrentar qualquer tipo de rede de pesca inventada pelo ser humano.