Gêmeos

Seus olhos possuem um tom castanho quase negro e são tristes, é como um grande céu cinza pelo qual eu me apaixonei e o observei durante anos, admirei o céu cinza de seus olhos por muitos e muitos anos, me perdi, mergulhei fundo e acabei transbordando pelos meus próprios olhos.

O seu abraço me envolveu de forma única, me senti protegida e fazia muito tempo que não me sentia assim e para ser sincera não tenho certeza se um dia me senti desse jeito com outra pessoa, talvez somente com minha vó que já partiu para o outro plano.

As suas mãos, como eu gostaria de grudar sua mão junto a minha para sempre caminharmos juntos, como eu gostaria de nunca poder soltar suas mãos mas eu soltei e o vi virando de costas para mim e se despedindo com um leve aceno e por mais que eu gritasse e pedisse para ele ficar, não me ouviria pois eu gritava por dentro.

Eu perturbei seu juízo, o irritei diversas vezes, o odiava e o amava ao mesmo tempo, enlouquecia sem sua presença mas aprendi que existia vida sem o geminiano, aprendi que podia caminhar sem ter sua mão me segurando sem precisar me refugiar em sua segurança. O envolvi com meus medos e ele sem querer me magoou, me magoou diversas vezes, conseguia juntar meus cacos e me quebrar logo em seguida era meu porto seguro e meu abismo, engraçado como ele era capaz de me matar e me trazer a vida novamente, me afundei em meio a tantos sentimentos e eu aprendi muitas coisas com sua presença e sua ausência que me mostrou que estava na hora de percorrer sozinha por uma estrada sinuosa e escura e que apesar de me causar pânico no final eu encontrei paz e luz.

Sua ausência ainda me trás saudade, mas seu amor me acompanha, ainda consigo sentir seu coração batendo forte como quando me abraçou pela primeira vez, era tão alto que parecia sapatear e eu me senti feliz.

Ele foi meu céu e meu inferno, foi meu amor mais puro e lindo, um amor que trouxe muita dor e muita alegria e provavelmente eu nunca viva um amor tão intenso como vivi com ele.

Gêmeos me fez caminhar a beira de um penhasco com um cigarro entre os dedos e uma garrafa de vodka nas mãos, entre um trago e uma golada, eu ria alto e me sentia feliz.

Eu não posso terminar isso aqui sem dizer o quão bem gêmeos e suas oscilações me fizeram feliz, gosto da sua bagunça e gosto do modo como me deixa bagunçada, Gêmeos me fez viver como nenhum outro signo fez.

Like what you read? Give Luciana Matos a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.