Mais uma -escrita sincera e qualquer-

Sobre o que as pessoas gostam de escrever? amor, aspirações de uma vida, aventuras e desventuras. Uns escrevem as grandes coisas boas, outros as grandes catástrofes. Ainda sim, não sabemos onde nos encaixar…

Quem nunca tentou escrever um diário, onde contaria com detalhes tudo que houve em um dia (da forma mais dramática possível) e quantos de nós, somando a mim mesmo, não conseguimos passar dos primeiros cinco dias? Mas existem outras coisas, níveis de escrita que referem-se ao quanto você põe de si em cada texto. Esses textos cheios de si serão aqueles que contarão a sua história, de acordo com o seu ponto de vista e, naquele momento, eles serão aquela página em branco na qual você procura colocar -desesperadamente- o maior demônio e o maior anjo do fundo do seu coração.

É uma tarefa muito difícil, precisa de inspiração e coragem. Inspiração para escrever de coração, coragem para explorar-se. Nem sempre encontramos coisas boas.

Enfim, atualmente “adulto” que sou, aos 20 anos, procuro tentar entender “coisas” que talvez só pensando eu não consiga decifrar, vamos tentar colocar algo a mais, vamos tentar colocar mais de nós, no caso, mais de mim em um projeto onde eu busco “diminuir a gravidade das coisas”, como diria Clarice Freire.

Até porquê, contar histórias é uma coisa muito poderosa…

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Leandro Afonso’s story.