A Ilusória História Do Homem Que Trabalhava Demais.
Bruno Leo Ribeiro
273

Olha, eu percebo que esse tipo de profissional, que eu apelido carinhosamente de “enganador” é um perfil muito comum e costuma ser valorizado nas empresas, porque normalmente é o cara boa praça, conversa e brinca com todo mundo, jamais discorda de ninguém, muito menos dos chefes, pelo menos não na frente deles. Não costuma trabalhar muito ou ser eficiente, mas por serem agradáveis, acabam ganhando a simpatia das pessoas.

Já quem trabalha mesmo e costuma demonstrar suas opiniões, mesmo que de forma educada, mas discordando de “lideranças”, costumam não ser uito bem vistos. São as contradições do dia a dia.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.