O essencial para realizar seus sonhos

Acabei de chegar em casa depois da formatura do Programa Travessia. São vinte pra meia noite e ainda estou energizada. Estou transbordando com o sentimento de realização depois de ter ouvido as pessoas se comprometerem com a mudança que desejam ver em si mesmas e a diferença que querem fazer no mundo.

Cada “Travesseiro” levou amigos e familiares para serem cúmplices da mudança que querem fazer. Comprometeram-se publicamente com os seus objetivos e foram acolhidos pelos seus maridos, namoradas, pais e filhos. Isso foi muito importante para mim porque ali foi criada a rede de apoio necessária para realizar os tão desejados sonhos.

Todos os Travesseiros mencionaram o quanto o grupo se apoiou e se ajudou nesse processo de mergulho interior que os preparou para tomar decisões mais autênticas e que podem ser divisoras de águas.

Sem dúvida, o trabalho em grupo fortaleceu cada um ali. Além de fazer amigos, encontraram vários espelhos naqueles que vivem a mesma questão com outra faceta. Fiquei maravilhada de ver o quanto o grupo se apoiou e continua se apoiando após o programa.

Agora, no término do programa, cada um precisa manter e alimentar sua própria rede de apoio para ter aliados nesse processo de transformação.

Travesseiros na Formatura!

Hoje, época em que estou passando pela maior revolução da minha vida até agora, que é virar mãe, percebo ainda mais a importância da minha rede de apoio. Desde o início da maternidade, entendi que ser mãe “exclusiva” não me satisfaz por completo. Sinto também a necessidade e o prazer de trabalhar com pessoas e ajudá-las a desenvolverem autonomia e a conhecerem a si próprios. Cada vez mais eu percebo que não é possível realizar os meus sonhos sem as pessoas da minha rede de apoio.

Bento mamando na Formatura do Programa Travessia

Então venho expressar (publicamente) minha gratidão à essas pessoas tão especiais.

Agradeço a disponibilidade do Daniel Izzo, meu marido, por cuidar do Bento, enquanto eu facilitava os encontros do Programa Travessia. Ele esteve presente durante as longas noites do programa e sempre me incentivou a fazer aquilo que me realizava.

Além dele sou muito grata por ter o apoio da minha mãe, Marina Pipatpan, e meu pai, Cyro Sá, que me ajudam em todos os encontros do Programa SerVir (outro grande sonho realizado esse ano). Eles estão sempre disponíveis para cuidar do Bento enquanto eu faço atendimentos individuais, palestras, workshops e mesmo quando vou ao pilates. Sem eles seria bem mais difícil passar por essa fase.

Agradeço também a minha irmã, Gabriella Sá e aos meus sogros que estão sempre dispostos a ajudar no que for possível.

Sou muito grata por ter pessoas que podem e querem ajudar na criação do Bento!

[Na Formatura do Programa Travessia ] 1: Minha mãe do meu lado depois de passar as primeiras duas horas com o Bento antes do Daniel chegar. 2: Daniel em “stand by” enquanto eu amamento o Bento.

Eles me ajudam a realizar os meus próprios sonhos. Sem a minha rede de apoio eu não conseguiria fazer o que é importante para mim.


Então proponho aqui uma reflexão: quais são as pessoas que podem te ajudar a realizar seus sonhos?


Se esse artigo foi útil para você, aperte no coraçãozinho ❤ para que esse texto chegue a mais pessoas.

Aqui vão outros textos que podem te interessar: