Klop — meu projeto de pós-graduação

Sistema de passagens aéreas

O projeto

Klop foi o meu projeto de conclusão da pós-graduação em design de interação — SENAC Rio. É um sistema de passagens aéreas. O projeto foi idealizado em 2014 e concluído em 2016. Nessa época, o país atravessava uma fase econômica totalmente diferente dos dias atuais. O timing era perfeito.

O projeto não se limita apenas a interfaces, é uma combinação de tecnologia, design e estratégia. Klop é um ecossistema feito para tornar os ambientes inteligentes e interativos. Itens inclusos: totens inteligentes para check-in e informações, scanner de bagagens (NFC), suporte imersivo, terminais de atendimento inteligentes (inteligente de verdade) etc.

Por que setor aéreo?

Viagens são os sonhos de consumo mais desejados por 47% das pessoas das classes A e B, o percentual cai para 30% entre os pertencentes às classes C, D e E.

Em escala mundial, o setor de transporte aéreo no ano de 2013 obteve um lucro líquido de U$12,9bilhões(*), que aumentaria para U$19,7 bilhões(*) no ano de 2014. No Brasil especificamente a classe C — nova classe média — estava trocando seus hábitos de consumo e comportamento. Essa parcela da população, que compõe um montante de 108 milhões de pessoas no Brasil, gastou mais de R$ 1,17 trilhão em 2013 e movimentou 58% do crédito no país.

(*) Associação Internacional de Transporte Aéreo, Dezembro de 2013

Uma pesquisa do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), apontou os principais sonhos de consumo dos brasileiros. Viajar figurou os dois primeiros lugares da lista.

Justificativa

A experiência do usuário na maioria dos sites de companhias aéreas ainda é baseada em padrões de design e tecnologia de décadas atrás. E o país passava por uma grande bonança na economia (2013).

Setor aéreo brasileiro deverá ter crescimento de 9% em 2013 [InfoMoney/17.01.2013]

Setor aéreo latino-americano duplicará lucro líquido em 2014 [Revista Exame/12.12.2013]

Objetivo

Ser simples e prezar pela clareza de informação durante as escolhas. Ser prático, rápido, funcional e inteligente. Ter um apelo visual voltado para o público jovem.

Anotações

Trabalho de conclusão de curso apresentado à Faculdade SENAC Rio como requisito para a conclusão do curso de Pós-graduação lato sensu em Design de Interação. Orientadora: Silvia Helena de Carvalho Schnaider.

Referências

NIELSEN, Jakob. Evidence-Based User Experience Research, Training, and Consulting. 1995.

https://www.nngroup.com/people/jakob-nielsen/

https://www.nngroup.com/articles/ten-usability-heuristics/

https://www.nngroup.com/topic/user-testing/

NIELSEN, Jakob. Card Sorting: How Many Users to Test. 2014. https://www.nngroup.com/articles/card-sorting-how-many-users-to-test/

SPENCER, Donna. Card sorting: a definitive guide, 2004 http://boxesandarrows.com/card-sorting-a-definitive-guide/

Virgin America, 2014 https://www.virginamerica.com/

Work & Co, Case Study: Virgin America — Work & Co, 2014 https://work.co/virgin-america/

Google, Material Design, 2014 https://www.google.com/design/spec/material-design/introduction.html

https://design.google.com/videos/making-material-design/

RENZI, Adriano. Think-aloud Protocol, 2010 http://www.adrianorenzi.com/adrianorenzi_10usihc.pdf

RIES, Eric. Título: A Startup enxuta. Editora Leya, 2011

Carding Sort, Usability.gov http://www.usability.gov/how-to-and-tools/methods/card-sorting.html

Meus outros canais

www | linkedin | twitter | pinterest

Gosto de ouvir opiniões, se tiver alguma; estamos aí!

No bullshit. ​No gimmicks​. You got it!