LABOR SEM SORTE CEGA

Então, vi que todo trabalho e toda destreza em obras provêm da inveja do homem contra o seu próximo. Também isto é vaidade e correr atrás do vento. O tolo cruza os braços e come a própria carne, dizendo: Melhor é um punhado de descanso do que ambas as mãos cheias de trabalho e correr atrás do vento. Eclesiastes 4: 4–6 Eis o Pregador advertindo acerca de duas atitudes extrema sobre o trabalho: ser preguiçoso demais para trabalhar ou ser obsessivo demais com o trabalho e não desfrutar a vida. Quem pode suportar os mesmos males décadas sem fim? Quem é capaz de atravessar lugares diferentes, pessoas diferentes e se ver diante das mesmas atitudes e dos mesmos males? A inveja humana pode tratar os mesmos trabalhadores com o mesmo fardo. Seja baixo salário ou uma meta de melhoria jamais alcançada isto extrai dos seres humanos pecadores grande energia, causa stress e os leva a se detratar, humilhar e até mesmo causar infortúnios desnecessários uns aos outros. E os que não se esforçam em ser melhores ou em tentar obter mais da vida? Estes fazem com que os que vivem em sua presença padeçam mais a cada dia com a necessidade das coisas. Atraem sofrimento por seu modo de ser e fazem com que esposa, filhos e parentes sofram um pouco mais a cada dia por sua preguiça. Mas quantos de nós não se sentem inferiores com as propagandas de tv que produzem em nós sentimentos de vazio, feiúra e estupidez, se não possuirmos certo produto? Aprendamos a ter mais alegria neste mundo valorizando mais a Deus. Sem Deus mesmo o carro mais veloz e o perfume mais caro são vaidade. No final, quem se importa se o seu carro funerário anda rápido, ou se o seu corpo em decomposição cheira a rosas? Neste mundo de pecado temos símbolos, talismãs, preces da sorte. As pessoas buscam meios de manipular a realidade a fim de atrair dinheiro, bens, pessoas com status, riqueza. (Eclesiastes 9:11) Em Universo em que Deus existe, não há a sorte.

Um átomo solto no universo à deriva flutuando fora do escopo ou da direção de Deus poderia alterar todo o curso da humanidade. Isto obstruiria Deus e impediria que Ele cumprisse as promessas feitas a seu povo. Se houvesse algo fora do governo de Deus, Ele não seria mais Deus sobre tudo. Graças a Deus isto não é assim! A Deus pertence tudo o que Ele faz e Ele governa sobre o que lhe pertence. Ponha a sua confiança em Deus, não na sorte. Graça e paz. By Leonardo Metelys


Originally published at oquehadeinteressantenestedia.blogspot.com.br on August 7, 2015.