Era para ser engraçado, ficou só depressivo
Cerebelo
191

Mas a geração espontânea realmente existe. O negócio é que o rato, ao invés de se materializar em questão de alguns meses, levou alguns bilhões de anos. Assim como todos os seres vivos, que, como sabemos, são oriundos do nada.