Minhas impressões do TDC Online

Leonardo de Oliveira
Jun 27 · 3 min read

Há 3 anos fiz um post relatando a experiência de participar pela primeira vez do TDC Florianópolis. Desde então, participei do evento todos os anos posteriores e neste ano o evento foi realizado de forma online, uma experiência totalmente diferente da forma habitual.

Foto divulgação TDC Florianópolis 2020

O evento seguiu as mesmas características da forma presencial, dividindo os participantes em trilhas conforme seus interesses. A principal diferença neste ano foram as trilhas terem duração de metade do dia e um número reduzido de palestras. Anteriormente as trilhas eram realizadas durante o dia inteiro, com um número maior de palestras.

Desta vez tive a oportunidade de participar das trilhas de Devops e Design de Código e XP. Na trilha de Design de código e XP destaco a palestra do Wagner Fusca com o título “Você não faz qualidade em Software!”, um verdadeiro tapa na cara de muitos que vangloriam-se por praticar qualidade de software mas na verdade continuam tratando seu softwares como projetos com início, meio e fim. Além disso, o Fusca também mencionou a importância de pagar o débito, ou melhor, a dívida técnica para que a qualidade de software seja mantida. Na trilha de Devops, destaco a palestra da Letticia Nicoli com o título “Developer Experience no Nubank”, onde ela apresentou quais são as experiência dos desenvolvedores do Nubank e algumas automações e documentação que facilitam e aceleram o processo de onboarding dos novos colaboradores.

Além das trilhas, participei também de algumas sessões dos patrocinadores. Destaco a sessão da Microsoft que trouxe conteúdos relevantes referente a serverless, containers e .NET Core. Além disso, também assisti a apresentação do projeto PO UI na sessão da Totvs. O PO UI é uma biblioteca de componentes baseado em Angular que auxilia no desenvolvimento de aplicações web, um projeto sensacional e open-source.

Como todo evento, as palestras não são o mais importante, mas sim o networking realizado tanto nas trilhas quantos nos pequenos intervalos. Mas como isso é possível de forma online? Essa era a minha dúvida antes de participar do evento. Porém, fui surpreendido positivamente com a plataforma utilizada. Além da facilidade em navegar entre as sessões disponíveis, a plataforma disponibilizava uma área destinada a networking, onde era possível conectar-se com outro participante aleatório para um bate papo e troca de experiências.

Uma outra funcionalidade interessante foi a utilização do chat nas sessões, nele os participantes puderam interagir com os palestrantes no momento da palestra, dando feedbacks, enviando perguntas e/ou opinando sobre o assunto apresentado. Uma alternativa interessante para se ter uma palestra mais interativa e de melhor entendimento para todos.

De forma geral o TDC Online surpreendeu e muito, estava receoso com a forma que o networking seria realizado e como as trilhas seriam organizadas, mas a organização se atentou a todos os detalhes. Deixo os parabéns a todos os organizadores pelo evento!

E você, como tem sido suas experiências em eventos online? Deixo sua contribuição nos comentários.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store