JANELA

Alterados os fusos

E confusos os horários

O tempo é senhor

A estrada nos caminhos à luz da lua

A passagem veloz é calmaria

Um roteiro sem filme

Paisagem que corre na tela de vidro