Happily Never After

Era uma vez três criaturas. Todas elas foram banidas de um planeta distante para a Terra. Ao chegar nesse planeta elas foram separadas em três lugares diferentes e suas memórias apagadas. Nesse planeta a magia não era a mesma de seu antigo lar. A magia aqui era chamada Internet e foi nela que os três se reencontraram.

Sem saber que se conheciam de tempos antigos duas delas se envolveram amorosamente. O amor delas existiu, persistiu, chegou a adoecer mas sempre permaneceu vivo, evoluindo, mudando, acredita-se que hoje tenha se tornado uma amizade...

Enquanto isso, essa criatura que teve o romance conheceu a outra criatura. Com essa o sentimento foi diferente, foi de amizade. Uma relação de boas risadas e companheirismo criou-se.

As relações sempre ocorreram de dois a dois, até que uma das criaturas apresentou uma a outra, seu amor e seu melhor amigo.

Não se sabe o que aconteceu no outro mundo, mas talvez isso tenha alguma influência no que aconteceu aqui na Terra. O envolvimento que o seu melhor amigo e o seu antigo amor tiveram (sem o conhecimento dele) foi um tiro certeiro em seu coração quando descobriu. Ele ainda não sabe nem 1% da verdade do que realmente aconteceu, mas o sentimento de traição permaneceu forte e grande por bastante tempo.

Ele não sabia em quem confiar, o que fazer, onde procurar ajuda. Ele não sabia o que pensar, se acreditava na versão que foi contada, se procurava saber mais, ou se ficava nisso. O tempo para pensar foi longo e as dúvidas não acabavam.

No fim das contas de que adianta saber mais?

Perder duas amizades, brigar com quem mais se ama, vingar-se de quem ele se importa… Não existem forças nele pra nada disso. Nem vontade.

Ele prefere não acabar essa história com um "nada felizes para sempre". Ele prefere acreditar no melhor de cada um, prefere pensar que a magia do outro mundo ainda existe dentro deles. Ele prefere acreditar que tudo teve seus motivos. Ele prefere acreditar nesse novo mundo que foi escolhido para ser sua casa. Prefere pensar que tem muito mais vida pela frente.

Se ele gostaria de saber a história que realmente aconteceu? Sim. Mas nenhuma das duas criaturas tem essa resposta. Nenhuma delas é imparcial. Isso seria uma utopia. E de mil versões diferentes ele não precisa. O que aconteceu foi um erro de mil e uma maneiras mas talvez, no fundo, tenham alguns acertos. Enfim, ele gostaria apenas de virar a página. Ele é consciente de que cada um tem seus motivos. Que ações tem consequências e acreditem, isso que aconteceu não é reversível, mas o que se é destruído pode ser construído de outra maneira.

As vezes é até para melhor.

Que as duas criaturas façam o que quiserem. Que elas vivam o que tiverem pra viver. O mundo é feito para errar e acertar. Não é ele quem vai julgar o que vai acontecer daqui pra frente.

nota do autor.: não sei se quero explicações, não sei se quero textos e textos, não quero brigar. não sei se quero saber mais da história, não sei se quero mais explicações. mais importante que isso: não quis ofender ninguém, não quis duvidar de ninguém, não quis desafiar ninguém. só não queria perder duas pessoas importantes pra mim e os caminhos que minha mente estava pensando em seguir acabariam com pelo menos uma das relações que construímos. estou aberto para diálogo, afinal sempre preguei que isso é a coisa mais importante em qualquer relação, mas não tenho pressa e nem exijo que isso aconteça. só quero que entendam que eu transformei o que aconteceu em uma historinha e essa é a minha limitada visão de tudo que aconteceu. como eu mesmo disse, ninguém tem a versão certa e real, não estou em busca dela. não quero destruir nenhuma das amizades que tenho e se para isso esse seja o único texto que exista sobre tudo isso que aconteceu… que seja. nada vai ser igual depois que eu deixar vocês lerem isso, mas não quer dizer que nossas relações se desenvolvam em algo melhor algum dia, acredito em desenvolvimento, acredito em perdão, acredito em crescimento.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.