A tristeza pode pular de alegria

Outro dia vi a seguinte frase: “Aqui até a tristeza pula de alegria”. Interessei-me por esta afirmativa pois a mesma é muito criativa e me fez pensar em alguns tópicos, que são:

1º) A tristeza pula? Provavelmente ela pule para dentro da pessoa que está aberta a recebê-la, então aceitá-la ou não, é uma questão de escolha pessoal.
 2º) O pulo traz consigo a alegria? Se a tristeza está pulando, então é sinal de que pode ter uma alegria vindo junto com a tristeza?
 3º) Tristeza + pulo = alegria? O pulo significaria a comemoração, a celebração por algo e por isso a alegria viria junto?

Independente da conclusão que cheguemos, o importante é que se algo me faz ficar triste, tenho a opção de escolher se vou alimentar a tristeza dentro de mim ou se irei focar minha mente em algo que me dê alegria, assim terei grande chance de conseguir me sentir bem.
 Se alguém te fez ficar triste, então deixe a tristeza pular de alegria, ou seja, deixe a alegria ser maior que a tristeza. Para pular (festejar), é necessário ter energia e disposição. A tristeza tira tanto a energia quanto a disposição para fazer algo, então pular (festejar) é melhor que se prostrar, se isolar.