O perigo do controle — Parte 3

Continuando nossa reflexão, imagine que sua amiga conseguiu perceber e aceitou com humildade que ela era uma pessoa obsessiva e que aceitou mudar seu comportamento: parou de controlar a filha e o marido, conseguindo assim que a família entrasse numa harmonia. Com certeza, a dinâmica da família mudará (melhorará) substancialmente.

Perceba como as pessoas falam que são obsessivas sem perceberem o absurdo que estão falando. Por que isto acontece? Porque a mentira deles é repetida tantas vezes que se torna uma verdade absoluta.

A mentira repetida várias vezes, se torna uma verdade na sua mente

O obsessivo tem medo do tempo, quando ele repete um ato várias vezes, é como se ele estivesse fazendo o tempo parar e voltar atrás. Por isso é que o obsessivo compulsivo verifica a maçaneta várias vezes antes de sair de casa. Cada vez que ele volta para verificar a maçaneta, é como se fosse a primeira vez que ele chega até ela, ou seja, o tempo voltou e aparentemente (como em uma ilusão) ele está controlando o tempo. Conseqüentemente começa a querer controlar as pessoas.

Para ter sucesso, há vários pontos que precisam ser considerados, como os que foram falados até agora. Imagine que o sucesso está a sua frente na forma de um quebra cabeça que está todo desmontado. Cada peça do quebra cabeça é um tipo de comportamento que você deve ter, então você juntando todo o quebra cabeça, terá todos os comportamentos adequados ao sucesso.

Faça uma auto análise. Tenha humildade para perceber quais são os seus pontos fracos e mude seu comportamento. Fazendo isto você estará plantando coisas boas na sua vida e na vida das pessoas que estão ligadas diretamente a você.