Quem olha fora sonha, quem olha dentro desperta

Jung disse: “Quem olha fora sonha, quem olha dentro desperta”.

Nós, seres humanos, temos muito mais defeitos do que percebemos ou sabemos. A grande maioria de nós só olha para fora, para o outro e esquece de vasculhar seu próprio interior. Há pessoas que mesmo se vivessem 1000 anos, iriam morrer sem conseguir perceber como eram egoístas, mentirosas, invejosas ou até mesmo desequilibradas. Talvez você se pergunte: Mas como poderia uma pessoa viver tantos anos sem se conhecer? A resposta é simples: Esta pessoa viveu o tempo todo olhando para fora, então não teve tempo de se conhecer. Esta pessoa ficou preocupada com o carro que o outro tinha, a casa que o outro comprou, as viagens que o outro fez, o padrão de vida que o outro possui. Foi tanta preocupação e perda de tempo alimentando a inveja, que esta pessoa deixou de perceber como ela própria era orgulhosa e invejosa. Como ela estava presa ao passado, se alimentando de frases e situações que a machucaram em sua infância. Como posso permitir que o futuro chegue se estou com a mente no passado? Mil anos se passaram no tempo, mas não no inconsciente desta pessoa pois ela estava presa há anos atrás.
 É muito fácil percebermos o que o outro tem de qualidades e defeitos pois olhar para fora é tão mecânico (automático), mas se alguém quer te ajudar e mostra seus defeitos, provavelmente você se tornará inimigo(a) daquela pessoa pois o seu orgulho te fará ter certeza de que o outro está errado e você está certo(a). Talvez você foi uma pessoa abençoada a vida toda mas não consegue ver as bençãos que tem recebido porque está o tempo todo competindo com alguém, invejando a conquista do outro. O orgulho e a inveja bloqueiam sua percepção correta de si mesmo, faz você gastar mais dinheiro do que ganha, te induz a viver uma vida mentirosa para mostrar ao outro que você é melhor. Cuidado com as mentiras que você inventa para si mesmo, lembre-se que o tempo está passando, seja humilde, pare de viver no passado, pare de competir com o status social do outro, tire todo orgulho que você carregou a vida toda e daqui a alguns anos você perceberá como sua vida mudou para melhor, como é ser realmente feliz. Perdoe a si mesmo e a todos que te machucaram, isto é sinal de sabedoria e humildade. Saiba que a vaidade só leva ao consumismo e a gastos desnecessários, além de estar sempre acompanhada do orgulho, da inveja e da auto-destruição.