você vai lembrar de mim.

você não sabia, mas quando resolveu me beijar pela primeira vez você estava fechando negócio com o diabo, que nesse caso sou eu. me bordei em você, em cada detalhe besta, em cada gosto, em cada cheiro.

você vai lembrar de mim quando for preparar uma limonada, igual naquele dia que nós estávamos assistindo filme e você falou “tá com sede?” e sem ouvir a resposta foi na cozinha me fazer um suco de limão.

você vai lembrar de mim quando se pegar ouvindo qualquer música que um dia você me enviou. seja de yung lean, reginaldo rossi, bones, mac demarco, qualquer uma.

você vai lembrar de mim quando for naquele shopping no qual passamos uma tarde inteirinha juntos, falando sobre nada, os dois sem dinheiro pra comprar uma água. tanta coisa deveria ter sido dita naquele instante, mas eu não sei aproveitar o que tenho nas mãos.

você vai lembrar de mim quando estiver transando com alguém e esse alguém disser: não pare nunca. um flash vai passar na sua mente e você se lembrará da minha voz falando isso enquanto quase atingia o melhor orgasmo da minha vida.

fique tranquilo, você vai lembrar de mim.