ELA

Nosso caso eterno com seus braços sedutores e suas danças lentas, todos sonolentos.

Ela

Pronta pra entrar na cena a cada tropeço.

Ela

Lendo memórias em voz alta para que eu não ouça mais ninguém.

Ela

De volta a velha e brega leitora gorda que insiste em viver sobre os meus ombros.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.